Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Específico de Linguagens - Revisão

* como entender comandos e alternativas;
* como analisar gráficos e imagens;
* como encontrar a resposta "embutida" na alternativa;
* como ganhar conhecimento vocabular;

NOSSAS TURMAS
TURMA
DIA DA SEMANA
HORÁRIO
INVESTIMENTO
INÍCIO
Turma de Revisão A
Quarta
19h às 22h
R$160,00
R$ 120,00*
17/08
Turma de Revisão B
Quinta
19h às 22h
R$160,00
R$ 120,00*
18/08
Turma de Revisão C
Sábado
16h às 19h
R$160,00
R$ 120,00*
27/08
Turma Regular
Quarta
15:30h às 18:30h
R$ 180,00
R$ 140,00*
10/08

* Para alunos que fizeram nosso curso nas férias ou que pertençam a cursos parceiros.

Metodologia
Turmas de Revisão
Por meio de resumo teórico e exercício, iremos trabalhar todas as habilidades referentes à linguagem (exceto língua estrangeira).

Turma Regular
Nesta turma, iremos trabalhar o conteúdo completo, incluindo exercício de fixação e mas as questões aplicadas no Enem de 2009 a 2015 já separadas por habilidades, referentes aos seguintes assuntos:
H18: Elementos de Coesão Textual; Significação das Palavras; Figuras de Linguagem;
H19: Funções da Linguagem;
H20: Patrimônio Linguístico;
H1, H2, H3 e H4: Gêneros Textuais

Endereço: Rua 14 de Março, número 2119, entre Gentil e Nazaré

Horário de Atendimento:
Às terças, das 18h às 21:30h
Às quartas, das 15h às 21:30h
Aos sábados, das 15h às 19h

terça-feira, 19 de julho de 2016

TURMA EXTENSIVA DE GRAMÁTICA PARA CONCURSOS


Você que deseja aprender, realmente, as regras gramaticais e que cansou daqueles cursos "relâmpagos", que nos ensinam apenas o básico, eis aqui o curso que procurava.

Horário: todas as terças-feiras, das 19h às 21:45h


Duração: como o objetivo é ensinar realmente a matéria por meio de conteúdo e muito exercício, oferecemos um curso de 5 meses, divididos em 4 módulos.
Obs.: os módulos são independentes. Assim sendo, o aluno pode ingressar no curso em qualquer módulo, visto que, ao chegar ao quarto, voltaremos para o primeiro. Portanto, o aluno ingressando em qualquer módulo e permanecendo por 4 meses terá o curso completo sem perda da eficiência. 
 


Investimento: R$ 140,00 mensais
Combo: efetuando o pagamento total do curso, você receberá um superdesconto. Em vez de pagar 5 mensalidades de R$ 140,00 (totalizando R$ 700,00), pagará apenas 500,00 divididos em 4 parcelas de 125,00 via cartão de crédito. Ou seja, o aluno terá um desconto total de R$ 200,00.
Material já está incluído na mensalidade. 


Início: As aulas do módulo 1 iniciam dia 9 de agosto.

Cronograma de Aulas:
09/08 - Significação as Palavras
16/08 - Ortografia
23/08 - Termos da Oração (Período Simples) Parte I
30/08 - Termos da Oração (Período Simples) Parte II

06/09 - Interpretação de Texto
13/09 - Orações Coordenadas
20/09 - Orações Substantivas
27/09 - Orações Adjetivas

04/10 - Orações Adverbiais
11/10 - Tipologia Textual
18/10 - Pontuação Parte I 
25/10 - Pontuação Parte II

01/11 - Concordância Verbal Parte I
08/11 - Concordância Verbal Parte II
15/11 - Concordância Nominal
22/11 - Regência Verbal
29/11 - Regência Nominal

06/12 - Crase
13/12 - Acentuação Gráfica
20/12 Colocação Pronominal
* Figuras de Linguagem

*As datas ainda serão definidas, mas ocorrerão entre as duas primeiras semanas de dezembro.







domingo, 29 de maio de 2016

Curso nas Férias 2016

Para melhor preparar os alunos na buscar por uma vaga, decidimos oferecer um curso nas férias. Mas desta vez, disponibilizando 3 turmas com objetivos distintos.

Turma A
Período: 11 a 15 e julho
Horário: 8:30h às 12h
Conteúdo: Nesta turma, trabalharemos com conteúdo e exercício sobre as habilidades 21, 22, 23 e 24 (competência 7), habilidades 9, 10 e 11 (competência 3) e habilidade 19 (Competência 6).
Investimento: R$ 200,00 (à vista ou pagamento até duas vezes no cartão)

Turma B
Período: 12, 13 e 14 de julho
Horário: 15h às 18:30h
Conteúdo: Nesta turma, serão trabalhados exercícios no estilo do ENEM, envolvendo as principais habilidades da prova de linguagens.
Investimento: R$ 180,00 (à vista ou pagamento até duas vezes no cartão)

Turma C
Período: 15 e 16 de julho
Horário: 15h às 18:30h
Conteúdo: Nesta turma, serão trabalhados os conceitos de  norma padrão (concordância / regência / crase / colocação / pontuação). Ofereceremos exercícios de correção de períodos e parágrafos, com o intuito de desenvolver a autocorreção por parte do aluno.
Investimento: R$ 100,00 (à vista ou débito)


terça-feira, 15 de abril de 2014

Concordância Verbal - Exercício I

1.     Já ______ umas dez horas da manhã quando se ______ as portas da repartição.
a) deviam serem, abriram.
b) deviam ser, abriram.
c) devia ser, abriram.
d) deviam serem, abriu.
e) devia ser, abriu.

2.     Assinale a alternativa que não apresenta concordância verbal condizente com as normas do português padrão.
a) O exército foi ao sítio de Canudos — no alto sertão baiano, a 400 km de Salvador — há quase cem anos, para caçar o maior de todos os subversivos do começo da República, líder de um movimento armado que provocou 20 mil mortes.
b) Fazem 100 anos que Antônio Conselheiro, acossado pelas forças políticas da Bahia, encerrou sua longa peregrinação pelo sertão e instalou -se no povoado de Canudos, às margens do rio Vasa -Barris, de onde jamais sairia.
c) Começou a escrever -se, aí, um dos capítulos mais amargos e sangrentos da história do Brasil.
d) A Guerra dos Canudos, ocorrida entre 1896 a 1897, é apontada por historiadores como o grande genocídio da história do país.
e) Foram necessárias quatro expedições do governo federal para acabar com o arraial — tido como foco de sediciosos monarquistas.

3.     ______ fraudes e acredito que sempre ______.
a) Houve, hão de existir.
b) Houveram, hão de existir.
c) Houve, há de existir.
d) Houveram, há de existir.

4.     Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas da seguinte frase:
Correrias, atrasos, hospedagens, nada ______ os turistas ______ dos passeios.
a) faz, desistir.
b) fazem, desistirem.
c) faz, desistirem.
d) deve fazer, desistir.
e) devem fazer, desistirem.

5.     Qual de nós ______ de falsas informações.
a) deverá avisar -lhe de que se tratam.
b) deveremos avisar -lhe de que se trata.
c) deverá avisá -lo de que se trata.
d) deveremos avisá -lo de que se tratam.

6.     Concordância verbal. Incorreta:
a) V.Exa. é generoso.
b) Mais de um jornal comentou o jogo.
c) Elaborou -se ótimos planos.
d) Eu e minha família fomos ao mercado.
e) Os Estados Unidos situam -se na América do Norte.

7.     (IBGE) Assinale a única alternativa correta quanto à concordância verbal:
a) Naquela época não haviam antibióticos.
b) Descobriu-se vacinas contra muitas doenças.
c) Livros, cintos, suspensórios, tudo nos trouxe benefícios.
d) Fez grandes progressos as pesquisas científicas.
e) Tu e o mundo serias totalmente outros.

8.     (CETAP) Não há inadequação na Concordância em:
a) Fazem dez dias que o serrote sumiu.
b) Existem muitas pessoas iguais ao parafuso.
c) Vende-se móveis de qualidade.
d) Obrigado, disse a lixa ao martelo.
e) As ferramentas custam cinco real.

9.     (CETAP) Está adequada à norma culta a oração:
a) Foi à carpintaria, a lixa, o carpinteiro e o serrote.
b) O metro, o parafuso e o martelo estava na carpintaria.
c) O martelo ou o prego serão o presidente.
d) Nem um nem outro equipamento tinham oxidado.
e) Eu, tu e ele, ficareis juntos na carpintaria.

10.  (CETAP) Está correta a concordância:
a) Vende-se apartamentos a grande família.
b) Precisam-se de babás para bebês chorões.
c) Hajam vistas as desavenças, a família esfacelou.
d) Daqui até a casa de mamãe, são dois quilômetros.
e) Já houveram duas discussões sérias na família.

11.  (CETAP/FUNPAPA/SUPERIOR/2012) Assinale a alterna-tiva em que a concordância é feita por silepse de pessoa.
a) “Fica aqui minha homenagem à imperfeição.”
b) “[...]nem por isso mereço chicotadas, ao contrário [...]”
c) “[...] sou a rainha das gafes, dos tropeços involuntários.”
d) “Alguém encontrou esta pérola escrita em uma placa [...]”
e) “Sabemos todos como é constrangedor não acertar [...]”

12.  (CETAP/GMB/MÉDIO/2012) Se substituirmos o sujeito da oração em: “A gente não quer [...]” pelo pronome pessoal do caso reto na primeira pessoa do plural, a forma verbal será:
a) queiramos.             d) quis.
b) queria.                   e) quererá.
c) queremos.

13.  (UNIP-SP) Assinale a alternativa que contém erro de concordância verbal.
a) Eu havia perdido a tranquilidade.
b) Deve haver erros na redação.
c) Existem, em sua imaginação, concepções absurdas.
d) Imaginei que houvessem pessoas educadas por aqui.
e) Devem existir por lá, como por aqui, pessoas perigosas.

14.  (UFV-MG) Assinale a alternativa abaixo cuja sequência enumera CORRETAMENTE as frases:
( 1 ) Concordância verbal CORRETA.
( 2 ) Concordância verbal INCORRETA.

(    ) Ireis de carro tu, vossos primos e eu.
(    ) O pai ou o filho assumirá a direção do colégio.
(    ) Mais de um dos candidatos se insultaram.
(    ) Os meninos parece gostarem dos brinquedos.
(    ) Faz dez anos todos esses fatos.

a) 1,2,2,2,1                 d) 1,2,1,1,2
b) 2,2,2,1,2                 e) 2,1,1,1,2
c) 1,1,2,1,1

15.  (FUVEST-SP) A única frase que não apresenta desvio em relação à concordância verbal recomendada pela norma culta é:
a) A lista brasileira de sítios arqueológicos, uma vez aceita pela Unesco, aumenta as chances de preservação e sustentação por meio do ecoturismo.
b) Nenhum dos parlamentares que vinham defendendo o colega nos últimos dias inscreveram-se para falar durante os trabalhos de ontem.
c) Segundo a assessoria, o problema do atraso foi resolvido em pouco mais de uma hora, e quem faria conexão para outros Estados foram alojados em hotéis de Campinas.
d) Eles aprenderam a andar com a bengala, o equipamento que auxilia a ir e vir de onde estiver para onde entender.
e) Mas foram nas montagens de Kirov que ele conquistou fama, especialmente na cena ― Reino das Sombras‖, o ponto alto desse trabalho.

16.  (ESAF) Os trechos a seguir constituem um texto adaptado de Valor Econômico. Assinale a opção que apresenta erro gramatical.
a) Há fatos e erros envolvidos na história da rejeição aos biocombustíveis, como é costume acontecer sempre que interesses econômicos poderosos estão em jogo. Um dos erros mais comuns é o de misturar no mesmo argumento o etanol à base de milho, que foi a opção dos EUA, e o etanol à base de cana-de-açúcar, utilizado pelo Brasil.
b) A equação de benefícios é abertamente favorável à cana, já que, no etanol de milho, gasta-se quase tanta energia suja para produzi-lo que as vantagens praticamente desaparecem.
c) Ainda assim, a elevação nos preços dos alimentos tem como fator principal a melhoria do nível de renda e de consumo de centenas de milhões de pessoas na Índia e na China, que antes estavam afastadas do mercado.
d) O etanol de milho é um programa caro, que prospera mediante subsídios do governo e distorce preços. Ele, de fato, concorreu para substituir outras culturas na busca por áreas de produção e deslanchou uma inflação nos preços dos alimentos.
e) O único argumento a favor do etanol de milho não é econômico, e, sim, político. O governo Bush incentivou-os por não querer mais depender do petróleo do explosivo Oriente Médio, e nem terem o fornecimento de combustíveis alternativos nas mãos de países que não sejam inteiramente confiáveis para os EUA.

17.  (SRF) Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal:
a) Soava seis horas no relógio da matriz quando eles chegaram.
b) Apesar da greve, diretores, professores, funcionários, ninguém foram demitidos.
c) José chegou ileso a seu destino, embora houvessem muitas ciladas em seu caminho.
d) O impetrante referiu-se aos artigos 37 e 38 que ampara sua petição.
e) Fomos nós quem resolvemos aquela questão.

18.  Indique o único segmento que apresenta concordância verbal condizente com as normas do português padrão.
a) O funcionamento dos dois hemisférios cerebrais são necessários tanto para as atividades artísticas como para as científicas.
b) As diferentes divisões e subdivisões a que se submetem a área de ciências humanas provocam uma indesejável pulverização de domínios do conhecimento.
c) Normalmente, a aplicação de métodos quantitativos e exatos acabam por distorcer as linhas do raciocínio em ciências humanas.
d) Uma das premissas básicas do conjunto das assunções teóricas e epistemológicas do trabalho que ora vem a lume é a concepção da arte como uma entre as muitas formas por meio das quais o conhecimento humano se expressa.

e) Não existem fórmulas precisas ou exatas para se avaliar uma obra de arte, não existe um padrão de medida ou quantificação, tampouco podem haver modelos rígidos preestabelecidos.

terça-feira, 4 de março de 2014

Compreensão e Interpretação de Texto - Exercício

TEXTO I
PROCURA-SE UMA EXPLICAÇÃO
          Um mundo de mistérios se esconde por trás dos pequenos anúncios. Nunca pude avaliar, pelas suas fórmulas, quais as suas verdadeiras intenções, fico a imaginar se o desespero de quem vende está na mesma proporção emocional de quem quer comprar. Objetos perdidos, quase sempre de estimação, documentos importantes cachorrinhos desaparecidos, tudo na base do "gratifica-se bem". Mas o que é gratificar bem, por exemplo, a uma pessoa que acha uma carteira com pouco dinheiro?
          Acho que há um pouco de ironia e de deboche da parte de toda pessoa que põe um anúncio - e muito boa vontade da parte de quem acha que ali está a sua oportunidade. Há vários anos que encontro promessas de "lugar de futuro" e acho incompreensível que esse futuro não chegue nunca, e que as vagas continuem sempre disponíveis. Ou as pessoas acabam por descobrir que o seu futuro está fora dali ou são outras firmas que estão se iniciando para oferecer novos futuros a futuros candidatos. Há uma certa ilusão de lado a lado: quem anuncia o futuro dos outros está pensando no seu presente e quem procura o seu futuro no presente de quem anuncia acaba é fazendo o futuro dos outros.
          Até que ponto é sincero um anúncio que procura moças de "boa aparência", de 18 a 25 anos. com prática de datilografia e um mínimo de 150 batidas cartas por minuto? É tão necessário que sejam todas as batidas certas?
          E esses que vivem vendendo objetos, um de cada vez. "por motivo de viagem?" Será que o dinheirinho de um aparelho de televisão ou de uma máquina de costura ou de um gravador último tipo lhes pagará a passagem? Talvez a viagem seja consequência: depois de vender os objetos. o melhor será mesmo abandonar a cidade. E os técnicos?
          E impressionante como tem gente especializada anunciando sua especialidade. Mecânicos e eletricistas montam e desmontam qualquer aparelho em menos de cinco minutos, e no fim sempre nos entregam três ou quatro parafusos que não têm a menor utilidade. Penso na economia monstruosa que as fábricas fariam se, ao montarem seus aparelhos, houvessem contratado os técnicos do "atende-se a domicílio".
ELLIACHAR, Leon. O Homem ao Cubo. Rio de Janeiro.
Ed. Francisco Alves S.A., 8ª ed. (adaptado). 
 
01. Ao falar de "pequenos anúncios", o autor refere-se:
a)  Essencialmente aos que tratam de empregos.
b)  Especificamente aos que oferecem serviços.
c)  Exclusivamente aos que falam de objetos perdidos.
d)  Genericamente a vários tipos de anúncios.
e)  Somente aos anúncios de compra e venda.
 
02. A expressão que não aparece nos anúncios que o autor menciona é:
a)  "lugar de futuro"
b)  "gratifica-se bem"
c)  "procura-se uma explicação"
d) "atende-se a domicílio"
e)  "por motivo de viagem"
 
03. Conforme o texto, os técnicos que anunciam sua especialidade:
a)  Trabalham com rapidez, mas não conseguem encaixar todas as peças de um aparelho.
b)  Trabalham melhor que os das fábricas, resultando disto maior economia para as montadoras.
c)  Entendem mais da montagem dos aparelhos que os técnicos das fábricas de eletrodomésticos.
d)  Duvidam da competência dos mecânicos e eletricistas das grandes fábricas.
e)  Pretendem conseguir uma contratação como mecânicos eletricistas em firmas conceituadas.
 
04. As "fórmulas" dos anúncios a que se refere o autor dizem respeito:
a)  A especificação                           d) A alegria
b)  A quantidade                               e) A correção
c)  Ao argumento
 
05. Assinale a opção que expressa o significado da seguinte frase do texto:
"...quem procura o seu futuro no presente de quem anuncia acaba é fazendo o futuro dos outros".
a)  Quem oferece melhoria de vida aos outros através de anúncios pretende melhorar a própria vida.
b)  Aquele que pretende encontrar boas oportunidades nos anúncios proporciona lucros ao anunciante.
c)  O anunciante projeta seus atuais objetivos nas pretensões dos leitores.
d)  Quem busca o seu futuro no futuro dos outros prejudica irremediavelmente seu presente.
e)  O anunciante procura melhorar a vida do leitor independentemente de suas intenções.
 
06. A função de linguagem predominante no texto é:
a)  Metalinguística                            d) Apelativa
b)  Emotiva                                      e) referencial